domingo, 25 de setembro de 2011

SENSATEZ


VIVA O ESTADO JUDEU
VIVA O ESTADO PALESTINO
VIVA A DEMOCRACIA NA LÍBIA,
VIVA A DEMOCRACIA NA SÍRIA,
VIVA A DEMOCRACIA NA CHINA,
NO IRÃ.
MORTE O DITADOR DA COREIA DO NORTE
VIVA A DEMOCRACIA EM CUBA
MORTE A DESIGUALDADE SOCIAL
CERTAMENTE A INSENSATEZ NOS LEVARA PARA O FIM.
MAS TODO FIM É A POSSIBILIDADE DE UM NOVO COMEÇO.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

O desconhecido em nós.

 Já há algum tempo estamos vendo um desfile de livros de auto-ajuda. De alguma forma ou de outra esses escritos sempre transforma os seres humanos em anjos, duendes mágicos capazes de chegar ao pote dourado. E tem também as igrejas auto-ajuda.  Ou então como um grande sábio religioso com sabedoria suficiente para saber até mesmo o que Deus esta pensando, te dizem que isto e aquilo que está ou vem  acontecendo em sua vida é prova espiritual e que.... Bem, vamos lá.

O fato é que se formos sincero e olharmos dentro de nós encontraremos  o que precisamos. Mas é preciso coragem para isso. E com o tempo as pessoas que se metem nessas buscas de auto-ajuda, acabam vendo o tempo passar e não resolverem os seus problemas e ainda assim acabam em  consultórios piscológicos e psiquiátricos. Quando não deixam todo o seu dinheiros nessas "igrejas novas" que até máquina de débito para cartão tem em seus templos. E ai o prejuízo financeiro se alia ao desespero que passa o cidadão causando problemas em dobro.

Não podemos negar também que toda essa busca vem de uma questão que se afirma em nós assim que começamos a amadurecer e perceber que o mundo é mais cruel do que  antes não podíamos ver vivendo  no conforto das asas de  nossos pais. É um perioldo da vida em que a maioria ira passar, alguns mergulhando de cabeça e outros  passando por ele rapidinho. Mas no final de tudo, é uma busca que está inerente a nós humanos. Saber mais e mais da vida, do porque estamos aqui, quem somos e se teve realmente um começo, sem dúvida terá um fim. E o que é esse fim? O fim simplesmente, ou o fim de um ciclo e começo de outro? E qualquer coisa nova que venha em nossa vida, sempre tememos, porque afinal de contas é mais confortável permanecer onde estamos porque sabemos onde estamos.

Buscar o novo, especular sobre os mistérios da vida, saber de tudo o que vemos e não vemos sempre nos impulsionou em nossa jornada como humanos onde conquistamos o planeta, nos afirmando com especie dominadora.
Mas ao mesmo tempo, nos fez fugir do que vai dentro de nós. De entender os sentimentos e desejos,  medos e sonhos. Para alguns é mais fácil ir para uma guerra do que ir para dentro de si. É mais fácil matar o outro do que dar ouvido aos próprios sentimentos. É tão confortável acreditar em duendes ou  que Deus te escolheu como povo preferido do que encarar todos os sentimentos, de ódio, medo, rancor, pavor, dor ou o prazer de ter orgasmos, de ter talento, sonhos em realizar , desesjos e gosotos e  que está em nós  e existe em nós. De compor uma sinfonia, de escrever um romance... É mais fácil culpar os outros, do que enxergar as próprias qualidades ou ter a humildade e sabedoria de entender que se não tem talento para isso, tem para aquele outro. E que sucesso e fracasso é apenas um conceito nosso, não é algo criado naturalmente pela vida, a natureza, Deus ou os deuses. 

Auto-ajuda real é quando você olhando para si mesmo, sabe  quem é, o  que pode enfrentar, o que pode fazer, e quanto quer de si próprio.
Mas isso não é uma verdade se você não descobrir em si mesmo. E só ao fato de se despor a entender o que é, então  se torna uma conquista.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

A grande questão.

Vem de um longo tempo em nossa consciência a sabedoria que desde que percebemos existir a pergunta insistente.
" como surgiu tudo e porque"
Talvez nos como humanos que somos como hoje, e por algum tempo, não teremos essa resposta. É questão de competência cerebral. Talvez seja preciso uma evolução nova para entendermos como o cosmos surgiu.
Por enquanto temos as teorias.
A teoria do Big Bang. E essa teoria explica a criação do cosmos no momento da explosão.
E não há como provar a explosão inicial e nem como negar.
Como não há como provar que houve um outro cosmos que deu origem a essa explosão e não há como negar que houve esse cosmos.
Einstein  um dia indagou se " Deus" teve alternativa ou não quando criou o universo.
E se tudo teve um inicio, quem ou que força e leis criaram esse começo. O que entendemos do cosmos é que tudo tem um começo, uma existência e um fim. Mas a grande questão é  se houve ou não um outro cosmos antes desse que conhecemos e se houve  que força e leis o criou e se houve então houve um outro começo que deu origem a esse começo depois de algum fim,  e por fim  como começou a tudo... e se houve começo....
Então a grande questão continua uma grande questão

domingo, 11 de setembro de 2011

Experimentante, experimentozo

Certamente ao pensar em criar, Deus teve a sensação experimentante, numa explosão de tudo o que pode pensar se materializado e  logo a seguir quando tudo foi criado sentiu um experimentozo, onde descansa até sabermos dele.

Por tanto: 
Experimentante é a sensação de  excitação quando se vai viver uma experiência.
Experimentozo é o prazer de ter vivido essa experiência.

Porque o terror?

Todos sabemos que o terror é uma covardia. Todo tipo de terror é uma declaração de um covarde sem argumentos, sem força. E terror não vem somente dos terroristas. Vem de ditadores, e de governos democráticos que subjuga outras pessoas  apenas por defender interesse econômico. Ou imposição religiosas, e de poder.  Precisamos mesmo de religiões opressoras, poder a todo custo e grandes fortunas? E preciso repensar essas considerações nossas. Porque até a este momento em nosso história  a dor foi maior que o prazer. Já dispomos de tecnologia suficiente para a paz. E paz, vem de produzir alimentos para todos, moradias,  e qualidade de vida sem destruir o meio ambiente. É preciso que essas tecnologia sejam difundidas, e haja cooperação entre países ricos e pobres, para que a desigualdade planetária, desapareça. Eliminando assim a ganância de alguns em ter mais que outros, e consequentemente a covardia do terror  que  dai se origina. Basta vontade politica e a consciência de cada um. Ah, mas parece impossível.
E o fato de achar que essa cooperação planetária é impossível parece dizer que somente o terror é possível. E mesmo que ainda muitos não queiram, a humanidade caminha para essa cooperação, porque um problemão já está acontecendo em nossos dias, o aquecimento Global e queiram ou não, ele ira impor uma cooperação planetária.